Busca:

Acordos de salário assinados entre setembro e novembro renderam aos trabalhadores reajustes próximos à casa dos 10%.


Os acordos de salário assinados entre setembro e novembro renderam aos trabalhadores reajustes próximos à casa dos 10%. Mais no mesmo período a inflação chegou de 5,4% no acumulado de 12 meses. Os dados se divulgarem via o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

De acordo a eles no primeiro semestre deste ano, 87% das categorias obtiveram aumento salarial acima do nível de inflação. Neste sentido o melhor rendimento da série histórica deve ser, no mínimo, igualado neste segundo semestre, manifestou José Silvestre, coordenador de relações sindicais do Dieese.

Os dados refletem o bom momento da economia e a decidida geração de empregos, com saldo de 2,4 milhões de vagas criadas entre janeiro e outubro.

Ao mesmo tempo se informou dos efeitos da inflação do aluguel, que cresceu mais de 11% em um ano. O Índice Geral de Preços – Mercado está acumulado em 11,48%. O IGP-M voltou a acelerar em dezembro, alcançando 0,83%, contra 0,79% no mês de novembro. O índice medido pela Fundação Getúlio Vargas.

Responsável por 60% do IGP-M, o Índice de Preços no Atacado (IPA) teve leve recuo, passando de 1,02% para 0,97%, enquanto o Índice de Preços ao Consumidor, que responde por 30% do indicador, acelerou de 0,39% para 0,69%, por conta do aumento no custo dos alimentos (de 0,85% para 1,43%). Os 10% restantes do IGP-M correspondem ao Índice Nacional da Construção Civil, que teve leve alta, passando de 0,22% para 0,28%.

Post Relacionados

2 Comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>