Busca:

Analistas de mercado voltam a elevar projeção para a inflação oficial


A projeção para inflação registra alta e vários analistas de mercado voltam a elevar projeção para a inflação oficial. Acontece que a estimativa de analistas do mercado financeiro para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) voltou a subir, de acordo com dados do boletim Focus. O previsto para o final de 2010 passou de 5,88%, na semana passada, para 5,90%.

A expectativa para 2011 também aumentou, de 5,29% para 5,31%. Como o centro da meta de inflação do Brasil este ano e em 2011 é 4,5%, com margem de 2 pontos percentuais para cima ou para baixo, as projeções para o IPCA encontram-se dentro do previsto. A expectativa para a taxa básica de juros, a Selic, utilizada pelo Banco Central para conter as pressões inflacionárias, ficou estável, tanto em 2010 (10,75%) como para o final de 2011 (12,25%).

Ou seja que mantendo a tendência das semanas anteriores, os economistas ouvidos pelo Banco Central novamente apontaram a expectativa de aceleração da inflação, entretanto, a mediana das projeções de alguns índices de preços mantiveram-se estáveis e até recuaram – caso do IGP-M (Índice Geral de Preços ao Mercado) para dezembro.

O destaque fica por conta da expectativa para o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que serve como medida oficial de inflação. Segundo os dados, para o resultado de dezembro, é esperada taxa de 0,62%. Com o centro da meta de inflação para 2010 em 4,5%, a expectativa é de que o índice aponte inflação anual de 5,90%.

Na última edição de 2010, a mediana das projeções para o PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro mais uma vez ficou estável: crescimento de 7,61% da economia neste ano.

Nas projeções para o próximo ano, destacam-se mais uma vez os índices de inflação. Os economistas ouvidos pelo BC elevaram as expectativas dos principais índices em 2011. A taxa anual do IPCA é estimada em 5,31%, acima dos 5,29% registrados na última semana.

Post Relacionados

Sem comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>