Busca:

As projeçoes da Inflação e o que realmente acontece com ela


A inflação e um aumento contínuo de preços (bens, serviços, salarios, etc), que se expressa pelo valor do IPCA.

A inflação no Brasil, vem provocando alguns sufocos momentaneos, quando e puxada para niveis altos, e ate parece que nao vai mais parar, mas logo se estanca e volta atras, fruto de uma serie de medidas tomadas na hora certa pelo governo.

O indice subiu de forma constante no segundo semestre de 2007, chegando aos 6,41% chegando em outubro de 2008, e desde essa data, vem se retraíndo lentamente, mas de forma contínua, o que é bom sinal.

Fechando o ano de 2008 com uma inlfaçao de 5,90%, valor que superava em quase 1.5% amais do que a registrada no mesmo momento de 2007.

Ja chegando em novembro de 2009, a taxa baixou até os 4,22% e se colocou por debaixo do nivel estabelecido pelo banco central e o governo federal como meta.

No acumulado do ano, o índice registrado está 1,30% embaixo do mesmo registro do ano passado sendo seu valor o de 3,93%.

A inflação, e um desses nomes estranhos de economía que afetam diretamente o bolso da dona de casa que mal entende os cálculos económicos para sua elaboraçao.

Ela e projetada com base em projeções do índice e do crescimento do PIB.

Mas as projeções, sao isso, projeções e porem nao sao certeiras 100%, porque as previsoes de ate aonde vai chegar o valor da inflaçao, se calculam tomando como hipóteses sobre o valor de taxas de juros, tipo de cambio, e um conjunto enorme de indicadores e comportamentos do mercado que juntos numa ecuaçao (bastante complicada)  dam lugar ao famoso número da inflaçao prevista.

Por tratarse de na maioría fatores exógenos os que afetam para cima ou para baixo a taxa de inflaçao, se praticam varios escenarios de ante mao, e se prevé o que pode ser feito em qualquer dos casos para manter controlado esse ladrao sem rosto que todo mes tira um pouco amais do seu bolso, sem voce poder fazer nada.

O Copom é o Comitê de Política Monetária do Banco Central, e é ele quem define o valor da taxa de juros que e um fator que afeta diretamente os valores da inflaçao. Como assim? Bem, se os juros sobem, as pessoas prefirem depositar o dinheiro, isso significa tira-lo de circulaçao, entao, com menos dinheiro solto na praça, os preços se contem, ao contrario acontecería se a taxa baixase, a maís dinheiro na praça, os preços sobem pela exessiva quantidade de papel moeda circulante.

As pessoas comúns e empresarios, tambem sao responsaveis pela pressao que sofrem os preços, e porem a inflaçao,  ao remarcar as mercadorías, sabidos que ha mas dinheiro na praça, ou na pressao sindical de aumento de salarios, obedeçendo a suba de preços antes mencionada. Entao torna-se um circulo viciado de acabar mal.

Post Relacionados

Sem comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil