Busca:

Brasil aumenta previsão de inflação em 2010 e 2011


O mercado de Brasil aumentou suas projeções para a inflação do consumidor e o crescimento da economia em 2010, da mesma forma que sua previsão para a inflação e a taxa de juros em 2011, foi o que amostrou um relevamento semanal feito pelo Banco Central entre instituições financeiras.

O cenário para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) deste ano foi corrigido em alta de 5,10% perante o 5,03% da semana passada.

A estimação para o Produto Interno Bruto (PIB) de 2010 em tanto, passou de um crescimento de 5,45% para 5,50%.

 

A media de previsões para a taxa básica de interes referencial Selic para final de ano, se manteve em 11,25%, entanto que a taxa cambiaria foi estimada em 1,80 reais, perante os 1,81 reais estimados na semana anterior.

Para 2011, em tanto, o relevamento Focus (do Banco Central) também corrigiu em alta a projeção do IPCA para um 4,70% desde o 4,60% para o fim do presente ano, entanto que a estimação do PIB se manteve em 4,5%.

A taxa Selic vai acabar no próximo ano em um 11,10% perante o 11% calculado no relevamento anterior.

A previsão para a taxa cambiaria para fins de 2011 subiu até 1,87 reais por dólar, desde os 1,85% anteriores.

O governo tem como meta uma inflação de 4,5% para 2010 e 2011, com tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo.

Si tudo continuar nos trilhos e nada extraordinário acontecer no mundo no presente 2010 e no próximo 2011, e de se esperar que as previsões se cumpram, mas tudo está sempre sujeito a economia global e os mercados globais que de tranqüilos não tem quase nada.

Post Relacionados

3 Comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>