Busca:

Cierre BOVESPA: Apoiado por economía local, sobe 0.59%


A bolsa de Brasil, o Bovespa, fechou o dia com movimentos de alta, apoiados pela força da economia local, as perspectivas de crescimento das exportações a mercados importantes como China, que esta se saindo da crise com passos agigantados e o aumento dos preços das matérias primas.

Aparece a preocupação entre os investidores brasileiros, já que existem tensões inflacionarias que se desprendem do aquecimento da economia.

O Bovespa se colocou nos 70,371.54 pontos registrando um avanço de 0,59%-

Durante março se conheceu que Brasil cresceu numa taxa de 2% durante o quarto trimestre de 2009, um ritmo bem considerável que motivou o governo a elevar a previsão do Produto Interno Bruto (PIB) até o 5,7% para este ano.

 

A economia brasileira, esta se levantando causa do empurrão da industria e do consumo, já que estes dois setores ajudam os negócios no parque de São Paulo.

Segundo as ultimas previsões do Banco Central difundidas hoje, mostram que a inflação pode fechar o ano nos 5,6%, provavelmente isto traz uma subida no curto prazo das taxas de juros e o conseqüente aumento do custo do crédito para o investimento no país.

Por outra parte, cabe destacar a crise da Grécia e Portugal, e as medidas de resgate propostas pela União Européia, já que estas situações mantiveram os investidores “de olho”, no entanto, os passos que esta dando a recuperação estadounidense e a rápida evolução da China, estão ajudando a aumentar os ganhos do Bovespa.

O gigante asiático, que e o principal consumidor mundial dos metais e minerais produzidos no Brasil, voltou a acrescentar suas solicitudes este mês e empurrar o setor mineiro, sendo este um dos mais importantes na praça financeira de São Paulo.

A maior empresa do Brasil, a petroleira estatal Petrobrás, continuou sua tendência altista, apoiada no barril de petróleo que tem ganhado perto de 4 dólares americanos este mês.

Entre as 63 companhias que formam parte do índice Bovespa, 35 aumentaram, 26 caíram y 2 permaneceram sem mudança.

As ações da petroleira Petrobrás aumentou um 1,02% com relação a sessão anterior, cotando em 39.70 reais a ação, entanto que as da Vale, recuaram 0,52% se colocando nos 57,15 reais por título, pela sua parte os papeis do Itaú Unibanco subiram 1,17% em 39.00 reais por ação, e as do Banco do Brasil, ganharam 0,47% se colocando nos 29,85 reais por título.

No mercado de câmbios, o real brasileiro fechou em alta perante o dólar, após que fortes ingressos de dólares deram suporte aos investidores que apostaram contra o dólar ao vencer as opções correspondentes a este mês, pelo que se colocou nos 1.7797 reais perante o dólar, comparando com o fim do pregão da terça-feira em 1,7940 reais por dólar.

Post Relacionados

Sem comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil