Busca:
BANNER_TOP_960

Diminui inflação no Brasil na previa de março.


 

A inflação oficial, medida pelo índice de Preços ao Consumidor Amplio (IPCA.15), registrou 0,55% na previa de março, um 0,39% inferior a de fevereiro anterior, revelou hoje uma fonte oficial.

Um estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) refere que a redução da inflação em março esteve motivada pelo grupo educação, cuja alta de 4,55% esteve concentrada em fevereiro.

Outro aspecto que permitiu a diminuição do IPCA-!% foi a desaceleração das tarifas de transporte, que passaram de 3,84%, no segundo mês do ano, até os 1,70% no terceiro, o preço dos combustíveis (de 1,94% até 0,26%) e em geral os produtos não alimentares (de 0,93% até 0,35%)

 

No lado contrario se encontram o grupo de alimentos, cujo custo subiu de 0,98% em fevereiro para 1,22% em março, empolgada pelo crescimento dos preços do tomate (26,50%), açúcar de refino (10,26%), açúcar branca (8,06%), legumes (7,67), leite pasteurizado /5,27%) e frutas (3,40%).

Em quanto as regiões, Belém se manteve na frente da inflação, com 1,12% e Goiânia registrou o menor IPCA-15, com 0,19%.

Para elaborar seu estudo de março, o IBGE coletou os dados entre o 11 de fevereiro e o 15 de março e os comparou com os vigentes entre o 15 de janeiro e o 10 de fevereiro, para o qual consultou a famílias com ingressos entre um e 40 salários mínimos (um salário mínimo equivale a uns 290 dólares).

Os entrevistados moram nas zonas metropolitanas do Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Recife, São Paulo, as regiões metropolitanas de Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Recife, São Paulo, Belém, Fortaleza, Salvador e Curitiba, alem de Brasília e Goiânia.

CODIGO_ADSENSE_200x90

Post Relacionados

Sem comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil