Busca:
BANNER_TOP_960

Em novembro a inflação foi de 1,83% registrando o terceiro maior aumento do ano


Em novembro a inflação foi de 1,83% registrando o terceiro maior aumento do ano. O acumulado de 2010 é de 7,1%. O álcool teve uma alta de 6,95% em novembro e 5,66% no ano. No segmento dos combustíveis a Inflação tem efeitos direitos que representam mais de 30% de todos os gastos, e qualquer alteração dos preços tem grande influência na inflação.

A composição da Inflação do Carro é feita com base na evolução dos preços de todos os itens que o motorista usa para andar e fazer a manutenção do seu carro.

Para o jornalista Rolf Kuntz, a “inflação está sendo especialmente severa para os pobres, neste ano, por causa dos preços da comida. Quanto mais pobre a família, mais ela gasta, proporcionalmente, para se alimentar. Em novembro, subiu 1,33% o índice de preços ao consumidor de baixa renda (IPC-C1) calculado pela Fundação Getúlio Vargas.

O indicador acumulou alta de 6,41% no ano e 6,58% em 12 meses. O índice mais amplo (IPC-BR) aumentou 1% no mês, 5,47% no ano e 5,73% em 12 meses. A alimentação tem pesos diferentes para diferentes faixas de renda. Principalmente por isso a inflação dos pobres foi maior que a dos outros grupos em 2010”, disse.

Alimentos ficaram 2,62% mais caros em novembro para as famílias com renda mensal entre 1 e 2,5 salários mínimos, cobertas pela pesquisa do IPC-C1. O custo da alimentação subiu 9,29% para esse grupo em 12 meses. O alimento produzido no Brasil é barato pelos padrões internacionais e por isso o País é competitivo. Há problema graves nas condições de emprego dos mais pobres.

O jornalista focaliza o principo de soluçao: “O problema será pelo menos atenuado se for possível evitar o contágio dos demais preços. As medidas anunciadas na semana passada pelo Banco Central podem contribuir para isso, limitando a expansão do crédito e esfriando um pouco o entusiasmo dos consumidores”.

CODIGO_ADSENSE_200x90

Post Relacionados

Sem comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil