Busca:
BANNER_TOP_960

Inflação de Brasil se desacelera no meio de março


A inflação do Brasil se desacelerou no ultimo mês, segundo o previsto, mesmo que os preços medidos sobre uma base anual subiram por sobre a meta inflacionaria do governo, segundo dados oficiais divulgados na terça-feira.

O índice referencial de inflação no Brasil IPCA subiu um 0,55% em um mês apresentando uma desaceleração de 0,94% ao mês ate mediado de fevereiro, falou o IBGE.

Esperava-se que o índice se colocasse em um 0,54%, segundo a mediana das estimações de economistas consultados, já que as estimações para o IPCA flutuaram entre 0,49 e 0,62%.

O Banco Central que utiliza o índice IPCA como uma guia no momento de fixar a taxa de juros, tem uma meta de inflação anual de 4,5% para 2010 e 2011, com uma tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo.

Nos doze meses que vão ate mediados de março, o índice pulou um 5,09%, comparado com o avanço de 4,63% no ano, ate mediados de fevereiro e um 4,83% no ano, até fins de fevereiro.

Os custos de educação, que normalmente disparam no começo do ano escolar, se desaceleraram no mês até mediados de março, ajudando a reduzir o IPCA, afirmou o IBGE.

Os custos de educação subiram um 0,55%, perante uma alta de 4,55% no mês até mediados de fevereiro.

Os preços do transporte se elevaram um 0,41% ate o meio de março, se freando do incremento apresentado de 1,28% até mediados de fevereiro, o que também contribuiu para que a inflação fosse mais baixa.

O chamado IPCA-15 mede a variação dos preços ao consumidor desde o 15 de um mês, até o 15 do mês seguinte.

CODIGO_ADSENSE_200x90

Post Relacionados

1 Comentário

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil