Busca:

Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo em Setembro no Brasil


O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) aumentou 0,68% no trimestre encerrado em agosto, ante 2,04% naquele finalizado em maio, reflexo de menores elevações dos preços livres e dos monitorados, responsáveis, na ordem, por 0,62 p.p. e 0,06 p.p. da variação do indicador.

O índice apresentou variações mensais de 0,15% em junho; 0,16% em julho; e 0,37% em agosto. Os preços livres aumentaram 0,88%, ante 1,69% no trimestre encerrado em maio, resultado de elevações de 0,70% no segmento de bens comercializáveis e de 1,02% no relativo a não comercializáveis.

IGPCASET11

Destaque-se, no segmento de não comercializáveis, o recuo de 7,76% nos preços dos alimentos in natura, que haviam aumentado 3,75% no trimestre finalizado em maio, e a redução de 0,93 p.p., para 2,33%, na variação do item empregado doméstico. A desaceleração observada no âmbito dos bens comercializáveis esteve associada, em especial, à evolução favorável dos preços do grupo vestuário e aos recuos nos preços dos itens óleos e gorduras, bovinos, álcool e automóvel novo.

 

Considerado o conjunto dos preços livres, os preços da alimentação aumentaram 0,12% no trimestre, resultado decorrente, em parte, do arrefecimento na variação dos preços dos alimentos industrializados e dos recuos nos relativos a produtos semi-elaborados e in natura. A variação dos preços de serviços recuou de 1,99% para 1,53%, no trimestre.

O índice de difusão do IPCA, que revela a proporção do número de itens do indicador que apresentou aumento de preços, atingiu média de 58,85% no trimestre encerrado em agosto, ante 64,15% naquele finalizado em maio e 52,86% em igual período de 2010.

O IPCA acumulou variação de 4,42% nos oito primeiros meses do ano, ante 3,14% no período correspondente de 2010, aceleração decorrente de aumentos respectivos de 0,75 p.p. e 2,56 p.p. nas variações dos preços livres e dos monitorados, que atingiram, na ordem, 4,36% e 4,58%. A variação acumulada em doze meses atingiu 7,23%, ante 6,55% em maio.

Post Relacionados

Sem comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil