INCLUDES_HEADER
Busca:
BANNER_TOP_960

Previsão para o IPCA cai


O mercado reduziu pela segunda vez consecutiva a previsão para a inflação oficial neste ano -o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo)-, passando de 6,33%, na semana passada, para 6,31% hoje. Para 2012, a projeção de inflação se manteve inalterada em 5%. As informações são do boletim Focus divulgado ontem pelo Banco Central.

cash

A projeção para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) se manteve em 4%. Para 2012, a previsão foi reduzida de 4,21%, na semana passada, para 4,20%. A previsão de preço para o dólar para este se manteve em R$ 1,62, enquanto para 2012 continua em R$ 1,70.

Já a expectativa do mercado para a taxa básica de juros (Selic) também foi mantida em 12,5% para este ano, e para 2012 permaneceu em 12,25%.

O centro da meta inflacionária do BC é de 4,5%. No último resultado do IPCA, divulgado pelo IBGE no dia 6, o índice ultrapassou levemente o teto da meta, de 6,5%, chegando a 6,51% no acumulado dos últimos 12 meses. Com a marca, a inflação acumulada no período é a mais alta desde julho de 2005, quando os preços subiram 6,57%.

Assim, a segunda redução da estimativa do mercado é positiva e pode indicar um movimento de "trajetória de queda da inflação" que, segundo o ministro Guido Mantega (Fazenda) já começou. Para ele, o indicador de abril já apresenta uma queda e está abaixo das expectativas do mercado.

CODIGO_ADSENSE_200x90

Post Relacionados

3 Comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

  1. Olá.
    Desculpe-me a falta de conhecimento sobre o assunto, e talvez a ridícula pergunta que vou fazer agora, mas sabemos que sobre os rendimentos da poupança subtraimos a Inflação através do cálculo do IPCA para se obter o real rendimento da poupança em um determinado período. Mas qual é o real impacto sobre a poupança??? Pois eu tenho poupança e observo que ainda não houve nenhum tipo de redução em meus rendimentos… então gostaria que por gentileza, me respondessem através do e-mail anexado a esta pergunta.
    Muito obrigada.

    Comentário por Débora — 22 de junho de 2011 #

  2. Seu rendimento na poupança nao vai diminuir, o dinheiro vai gerar a mesma quantía de dinheiro que antes, o que varía quando o IPCA sobe ou desce e a capacidade de compra que voce tem com esse dinheiro. O real impacto vai na medida de quanto voce pode adquirir com o dinheiro que a poupança gera num periodo determinado. Por exemplo, vamos colocar um caso simples: O rendimento da poupança de um mes é de 100 reais, nesse mes com esses 100 reais voce pode adquirir 100 kg de arroz, no mes seguinte a sua poupança geró os mesmos 100 de rendimento mas ja nao pode adquirir 100 kg de arroz pq o preço do ítem subiu causa da suba do IPC. O mesmo si o preço do arroz descer por causa da baixa do IPCA.

    Se por um lado o brasileiro começa a poupar, ele ainda não percebeu que caderneta de poupança não deve ser o investimento mais utilizado em épocas de alta de preços e inflação. Outras alternativas, como os títulos públicos atrelados à inflação, são mais interessantes.

    Trate a caderneta de poupança como uma boa opção para um fundo de reserva. Um local seguro e de alta liquidez, que pode ser seu porto seguro em momentos de necessidade, evitando empréstimos e o uso indiscriminado do crédito pessoal. No entanto, não considere-a como seu principal investimento.

    Já é possível encontrar investimentos com rentabilidades mais atrativas, cujos aportes iniciais são inferiores aos de pouco tempo atrás. Com R$ 100,00 já é possível conseguir bons resultados, como mostra o ótimo exemplo dado pela corretora Geração Futuro, que se especializou em oferecer oportunidades para pequenos investidores.

    Comentário por MGonzalez — 13 de outubro de 2011 #

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

ANALYTICS_CODE